Detectores - Theta, Lda. - Ao serviço da Investigação e da Indústria

Ir para o conteúdo

Detectores

Produtos > Detecção de gases > Sistemas fixos


Projetados para uso em casas de caldeiras e estacionamentos, os detectores OLCT 10 e OLC 10 oferecem-lhe a solução mais económica para a monitorização contínua de gases tóxicos (OLCT 10) ou gases e vapores inflamáveis (OLCT 10, 10 OLC) no ar ambiente. Fáceis de instalar e operar, estes detectores combinados com a central de detecção MX15 satisfazem os requisitos do utilizador exigente.

Folheto


O OLCT 10N é um detector de gás digital concebido para a detecção de gases tóxicos ou oxigénio. Projectado para ser utilizado em combinação com a central de detecção MX43, o OLCT 10N fornece uma resposta rápida e precisa. Podem ser ligados até 32 detectores na mesma linha digital ou distribuídos por 8 linhas.
Todas as informações do transmissor são recebidas pela unidade de controle em menos de 1 segundo.

Folheto


Quando níveis perigosos de gases tóxicos ou oxigénio ameaçam a segurança de uma área não classificada, o detector CTX 300 pode satisfazer os mais exigentes requisitos de segurança.
O CTX 300 transmite dados em tempo recorde. E, com uma ampla gama de opções de sensor, tem a flexibilidade para proteger muitos ambientes potencialmente perigosos.
Com sensores pré-calibrados e um mostrador LCD opcional, é fácil fazer a manutenção do detector.

Folheto

Concebido para a detecção de gases explosivos, gases tóxicos ou oxigénio, este detector vem com uma saída de ponte de Wheatstone (OLC 100) ou de 4-20mA (OLCT 100). Qualquer que seja a sua aplicação, a Oldham oferece soluções com sensores catalíticos, eletroquímicos, de infravermelhos, de semicondutores ou resistentes a envenenamento. Com aprovação ATEX, estes detectores estão disponíveis em versão anti-deflagrante ou intrinsecamente segura. Com esta linha de detectores, a Oldham amplia sua gama com produtos que combinam fiabilidade, durabilidade e facilidade de uso. Para além disso, estes detectores são certificados SIL 2 de acordo com a norma EN 50402.

Folheto

A nova geração de detectores de gás de alta qualidade OLCT 60 cobre todas as necessidades industriais para uma variedade de aplicações. A série OLCT 60 é composta por versões anti-deflagrantes ou intrinsecamente seguras, com sensor remoto ou incorporado.
A versão OLCT 60AD permite que o sensor seja instalado remotamente até 15 metros (standard), permitindo a detecção em locais de difícil acesso, ou em zona 0, no caso da versão intrinsecamente segura (IS). Os detectores são feitos de aço inoxidável 316L, sendo robustos e resistentes à corrosão. Os sensores pré-calibrados podem ser desligados, girando a cabeça da unidade. Estes sensores "inteligentes" podem ser calibrados fora das áreas de risco.

O OLCT 60 está equipado com acesso não-intrusivo a um menu seguro. Em áreas de risco, a calibração pode ser feita com um modo de funcionamento de acordo com as regras de segurança.

Folheto


Desenvolvido em conformidade com as mais rigorosas especificações, o detector OLCT 80 é o padrão no mercado de detecção de gás.
Projetado para atender às exigentes necessidades das maiores empresas industriais, o OLCT 80 é uma grande conquista em termos de desempenho técnico e optimização de custos. Este detector é extremamente versátil, podendo funcionar em modo isolado ou ligado a uma central de detecção e permitindo a ligação de até três sensores sendo dois deles (ou os três) remotos.
O OLCT 80 está disponível em versão anti-deflagrante ou intrinsecamente segura para a detecção de oxigénio, gases combustíveis, gases tóxicos e refrigerantes. A n
ova versão XP IR com sensor de infravermelhos permite a detecção de gases combustíveis ou dióxido de carbono.

Folheto



As plataformas de petróleo, as indústrias petroquímica e química, as instalações navais e as estações de tratamento de águas residuais são ambientes em que a tecnologia de infravermelhos é muitas vezes a única solução para a detecção de gases. A série GD10 é construída para resistir a esses ambientes agressivos.

Com versões para a detecção de gases combustíveis ou de dióxido de carbono, o GD10 é certificado SIL 2.

Folheto

Voltar para o conteúdo